IELP NA MÍDIA | Novo instituto discute participação popular em políticas públicas

IELP irá moni­to­rar ati­vi­da­de par­la­men­tar e tam­bém apre­sen­ta­rá propostas

Para con­tri­buir com a pro­mo­ção da efi­ci­ên­cia, da trans­pa­rên­cia e da par­ti­ci­pa­ção popu­lar nas deci­sões do poder públi­co, advo­ga­dos, pro­fes­so­res de uni­ver­si­da­des e pes­qui­sa­do­res lan­çam, no dia 24 de feve­rei­ro, às 20h, o Ins­ti­tu­to de Estu­dos Legis­la­ti­vos e Polí­ti­cas Públi­cas (IELP) – orga­ni­za­ção sem fins lucra­ti­vos com sede em Brasília/DF.

O pro­pó­si­to do gru­po é moni­to­rar e desen­vol­ver levan­ta­men­tos acer­ca do movi­men­to legi­fe­ran­te nas câma­ras de vere­a­do­res e assem­blei­as legis­la­ti­vas – além, evi­den­te­men­te, da Câma­ra dos Depu­ta­dos e do Sena­do Fede­ral – atu­an­do de modo pro­po­si­ti­vo, inde­pen­den­te e com espe­ci­a­li­za­ção técnica.

“O Bra­sil apre­sen­ta hoje uma deman­da mui­to gran­de de conhe­ci­men­to acer­ca do que é pro­du­zi­do pelo Par­la­men­to, nos mais diver­sos níveis. Que­re­mos não ape­nas ava­li­ar aqui­lo que tem sido fei­to, mas, prin­ci­pal­men­te, apon­tar cami­nhos que pos­sam aper­fei­ço­ar a qua­li­da­de das leis ofe­re­ci­das aos cida­dãos”, dis­se o pre­si­den­te do IELPRapha­el Sodré Cit­ta­di­no, sócio fun­da­dor do Cit­ta­di­no, Cam­pos e Anto­ni­o­li Advo­ga­dos Asso­ci­a­dos.

De acor­do com ele, uma das mai­o­res pre­o­cu­pa­ções do IELP é cola­bo­rar para o aumen­to da trans­pa­rên­cia no Poder Legis­la­ti­vo. Hoje, vári­as câma­ras de vere­a­do­res e assem­blei­as legis­la­ti­vas não dis­põem de meca­nis­mos de bus­cas que faci­li­tem a loca­li­za­ção das pro­po­si­ções em tra­mi­ta­ção. “Sem saber o que suce­de no inte­ri­or do par­la­men­to, a popu­la­ção não tem con­di­ções de fis­ca­li­zar o tra­ba­lho daque­les que foram elei­tos para exe­cu­tar a fun­ção pública”.

Outro obje­ti­vo, con­for­me Cit­ta­di­no, é inte­grar pen­sa­do­res da área, os quais, mui­tas vezes, ope­ram de for­ma des­co­or­de­na­da. “Nós pre­ten­de­mos que o IELP se tor­ne uma refe­rên­cia, um cen­tro de exce­lên­cia que atue na arti­cu­la­ção das esfe­ras fede­ral, esta­du­ais e muni­ci­pais, com vis­tas a uma mai­or efi­cá­cia das polí­ti­cas públicas”.

Cit­ta­di­no afir­ma que o IELP auxi­li­a­rá tan­to a soci­e­da­de civil, na fis­ca­li­za­ção do poder públi­co, como, tam­bém, as auto­ri­da­des cons­ti­tuí­das, na imple­men­ta­ção de pro­je­tos estra­té­gi­cos. “O nos­so foco pas­sa pela cons­tru­ção de fer­ra­men­tas que per­mi­tam o inter­câm­bio entre os dois seg­men­tos. Serão rea­li­za­dos even­tos com a pre­sen­ça de con­vi­da­dos impor­tan­tes e publi­ca­dos arti­gos vin­cu­la­dos à temática”.

Entre as ati­vi­da­des pre­vis­tas, encon­tra-se a edi­ção da “Revis­ta de Estu­dos Legis­la­ti­vos e Polí­ti­cas Públi­cas”, que reú­ne arti­gos, ensai­os e outras com­po­si­ções sobre os temas de atu­a­ção do Ins­ti­tu­to. O pri­mei­ro núme­ro está pron­to e será publi­ca­do duran­te a cerimô­nia de lan­ça­men­to do Ins­ti­tu­to. Ain­da em 2021 deve­rá ser aber­to o cha­ma­men­to para a 2ª edição.

Outra ini­ci­a­ti­va é o “Mapa Legis­la­ti­vo”, que reú­ne infor­ma­ções sobre a estru­tu­ra e o fun­ci­o­na­men­to das Casas Legis­la­ti­vas no Dis­tri­to Fede­ral e em todos os Esta­dos e muni­cí­pi­os bra­si­lei­ros. Atu­a­li­za­dos cons­tan­te­men­te, os dados se refe­rem à exis­tên­cia, ou não, de tele­fo­ne para con­ta­to e de site ins­ti­tu­ci­o­nal em cada ente, suas fun­ci­o­na­li­da­des, e com hiper­link para acesso.

Demais pro­je­tos

Os inte­res­sa­dos ain­da pode­rão acom­pa­nhar o “IELP TALKS”: série de diá­lo­gos con­du­zi­dos por repre­sen­tan­tes do Ins­ti­tu­to com con­vi­da­dos espe­ci­ais para tra­tar de temas como polí­ti­ca, eco­no­mia e edu­ca­ção – afo­ra, obvi­a­men­te, polí­ti­cas públi­cas e Poder Legis­la­ti­vo. Todo o con­teú­do fica dis­po­ní­vel na inter­net: no domí­nio da ins­ti­tui­ção, no You­Tu­be (vídeo) e no Spo­tify (pod­cast).

Por fim, o “Obser­va­tó­rio Legis­la­ti­vo da Pan­de­mia de Covid-19” fecha o con­jun­to de ações empre­en­di­das pela enti­da­de nes­te momen­to ini­ci­al. A inten­ção é mape­ar toda a pro­du­ção legis­la­ti­va naci­o­nal rela­ci­o­na­da ao novo coro­na­ví­rus, des­de decre­tos muni­ci­pais, por exem­plo, a medi­das pro­vi­só­ri­as even­tu­al­men­te bai­xa­das pelo Exe­cu­ti­vo Fede­ral. Essa ação é rea­li­za­da em par­ce­ria com o Ins­ti­tu­to de Direi­to Públi­co (IDP), no qual leci­o­na par­te dos inte­gran­tes do IELP.

Aces­se em: https://www.debatejuridico.com.br/noticias/novo-instituto-discute-participacao-popular-em-politicas-publicas/

Related Posts

Post a Comment